07/12/2018

E há quem diga que não existe feminicídio

E há quem diga que não existe feminicídio

No primeiro semestre de 2018, o Ligue 180, número de telefone do governo federal para atender mulheres em situação de violência, recebeu 79.661 denúncias – mais de 80% sobre violência doméstica. Segundo dados de 2017, uma mulher é assassinada no país a cada duas horas . Apesar de existirem leis como a do feminicídio – que prevê penas mais duras para casos de assassinato – ou a Lei Maria da Penha – que serve para casos de agressões -, o cenário é preocupante. Desde 2014 a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres viu seu orçamento diminuir em 35%, sendo obrigada a fechar 15 centros que proviam apoio jurídico e psicológico, e mais 23 abrigos para mulheres e crianças em situação de emergência. E isso tende a ficar ainda mais complicado com a nomeação de uma futura ministra que diz que “mulher nasceu para ser mãe”.

Quer ajudar a mudar esse cenário?
A HRW lista nove passos que ajudam a combater a violência doméstica

Quer denunciar um caso de agressão contra uma mulher?
Ligue para o 180

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais.