20/12/2018

Brasil: 95º lugar em desigualdade de gênero

Com h minúsculo

Apesar do avanço dos movimentos feministas, o abismo social entre homens e mulheres no Brasil cresceu em 2018. Um ranking de igualdade de gênero elaborado pelo Fórum Econômico Mundial colocou o país no 95º lugar, atrás de Indonésia, Quênia, e dos vizinhos Venezuela e Bolívia. O Brasil perdeu cinco posições em relação ao ano anterior devido, principalmente, a uma queda na participação das mulheres no mercado de trabalho. No quesito “mulheres na política”, o resultado foi ainda pior: 112º lugar. O tema será discutido no próximo encontro do Fórum Econômico Mundial, em janeiro, que contará com a presença de Jair Bolsonaro – que já declarou, no passado, não ser muito simpático à igualdade salarial.

Quer saber mais?
Mulheres ganham menos do que homens, mesmo estudando mais

Prelúdio do que virá

O Ibama fez uma operação na cidade de Manacapuru, no Amazonas. Interditou 11 madeireiras, apreendeu 600 metros cúbicos de madeira e expediu 16 autos de infração – dois deles por lançamento de resíduo sólido a céu aberto. Em resposta, os funcionários das madeireiras organizaram um protesto contra o instiuto – alguns carregando cartazes com o nome do presidente eleito Jair Bolsonaro,  que tem acusado o órgão de praticar “ativismo ambiental xiita” – expressão, em bolsonarês, para descrever o trabalho de proteção do meio ambiente.

Quer saber mais?
O Período eleitoral deste ano teve um recorde de desmatamento na Amazônia

Dados da intervenção

A intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro acaba no fim deste mês, mas o Observatório da Intervenção já consolidou alguns números da operação. O Governo Federal disponibilizou uma verba de R$ 1,2 bilhão, mas gastou apenas 6%, ou R$ 72 milhões – e desse dinheiro, só R$ 9,5 milhões foram investidos nos órgãos de segurança pública estadual. Houve de fato uma redução de 14% nos roubos de carga e de 5,6% nos homicídios – mas houve também um aumento de 56% no número de tiroteios e de 40% no de letalidades policiais. O Observatório foi criado pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes para acompanhar os impactos e violações de direitos decorrentes da intervenção federal.

Quer saber mais?

Conheça outros relatórios do Observatório da Intervenção

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais.