17/07/2018

Militares: um terço dos servidores federais

E o salário, ó…

Você sabia que um a cada três servidores do governo federal é militar? Dentre todos os ministérios, o da Defesa é o que mais emprega: 395.667 funcionários, segundo apurou a Agência Pública. Mais: no ano passado, 713 desses funcionários receberam acima do teto constitucional. Um exemplo: um tenente-coronel do Exército, denunciado em 2010 num esquema da Receita Federal, embolsou R$ 226 mil num único mês, sob alegação de serem salários atrasados. Outro: um oficial da Aeronáutica, cedido à Embraer, embolsou R$ 433 mil de jeton, que somou-se aos dois salários recebidos no mesmo período – um da estatal (que superava o teto de R$ 37 mil) e outro da Aeronáutica (R$ 19,6 mil). No total, foram R$ 22,6 bilhões gastos em salários de militares.

Quer saber mais?
Consulte o salário dos servidores no Portal da Transparência

Quer reclamar?
Escreva para a ouvidoria do Ministério da Defesa

ONU: saem os Estados unidos, entra a Islândia

A Islândia foi eleita, na semana passada, para ocupar o lugar dos Estados Unidos no Conselho de Direitos Humanos da ONU – um colegiado intergovernamental formado por 47 países membros das Nações Unidas. A mudança foi motivada pela decisão recente do governo Trump de sair do Conselho, sob a alegação de que o grupo tinha um “viés anti-Israel” (a decisão de Trump coincide com a avalanche de críticas negativas devido à sua política migratória de separar mães e filhos na fronteira americana). O mandato da Islândia vai até o final do próximo ano; ela não herda os compromissos já firmados pelos Estados Unidos.

Quer saber mais?
Entenda para que serve o Conselho de Direitos Humanos da ONU

O cargo menos desejado do país

Já é a terceira vez que a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, assume o Planalto neste ano. A razão: Michel Temer foi à África para participar de uma conferência de chefes de Estado dos países de língua portuguesa. Pela lógica da linha sucessória, a presidência da República deveria ter sido assumida pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ou do Senado, Eunício Oliveira. Como de praxe, os dois trataram de se escafeder para que não se tornem inelegíveis em outubro. Maia foi ao Chile, enquanto Eunício está de férias em Miami.

Quer saber mais?
Entenda por que Maia e Eunício viajam ao exterior sempre que Temer sai do país

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais. Funcionou entre março e agosto de 2018. Voltará em novembro.