19/11/2018

Temer / Guerreiro / Do povo brasileiro

Michelzão da massa

Foi uma semana intensa.

Houve o anúncio da saída de 8 mil médicos cubanos do programa Mais Médicos.

Houve o anúncio de que o próximo chanceler será um embaixador apadrinhado por Olavo de Carvalho que: elogiou o governo Trump, classificou a  Europa como “culturalmente vazia“, falou em combater um tal de “globalismo”,  e ainda pregou a necessidade de “abrir-se para a presença de Deus na política e na história”.

E houve também a visita da deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL) ao Fórum de Governadores, que rendeu um belo momento “por onde anda?”.

Ainda assim, diante de tanta notícia, MemeNews escolheu falar do nosso guerreiro, o nosso estivador do Porto de Santos, o nosso self-made man da Faria Lima. O nosso Michelzão da Massa. Por quê?

Em primeiro lugar, porque Michel Miguel Elias Temer Lulia é um senhor elegante. Quase diria bonito.

Acolhedor.

E carismático.

Ele é youtuber.

Comedor de pastilhas.

Não deixa a bola cair.

E vive cercado de boas pessoas.

Para além de todas essas qualidades, Temer é a única pessoa, no Brasil, que pode evitar um (novo) rombo nos cofres públicos. Isso porque o Senado aprovou, há duas semanas, um aumento camarada no ordenado dos ministros do STF, que pode ir dos atuais R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Nossa caminhada só está começando.

E como o contracheque de um ministro do STF serve de parâmetro para o teto salarial do funcionalismo público, o estrago é exponencial: ao menos R$ 4 bilhões de reais a mais, por ano, para pagar juízes, desembargadores, defensores, procuradores e afins.

A não ser, claro, que sejamos salvos pelo nosso JFK, o nosso discípulo de JK, o nosso apreciador de Jota Quest.

Dado que o aumento foi aprovado no Congresso, ele só deixa de existir mediante um veto presidencial. Temer tem a caneta na mão, e mais alguns dias para decidir-se – ou não – pelo veto. E você, leitor, tem três caminhos virtuais para pressionar o presidente.

Quer mandar seu #VetaTemer para o presidente?
https://www.facebook.com/MichelTemer/
https://twitter.com/MichelTemer
Fale com o Presidente

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais. Funcionou entre março e agosto de 2018. Voltará em novembro.