06/06/2018

Um artigo muito louco

Alhos e bugalhos

O deputado Jhonatan de Jesus (PRB-RR) bem que tentou fazer “contrabando legislativo” – prática de incluir, num projeto, um artigo sem relação com o tema em debate. Seu objetivo era alterar a lei nacional do meio ambiente, de forma a acelerar o licenciamento de terras em áreas indígenas. Só que a Medida Provisória sendo votada na Câmara era sobre assistência a imigrantes venezuelanos! O penduricalho de Jesus não passou. Já a MP, que instaura um Comitê Federal de Assistência Emergencial, foi aprovada. Segue agora para votação no Senado.

Quer saber mais?
Leia a notícia da Agência Câmara

Quer escrever para o deputado?
dep.jhonatandejesus@camara.leg.br

A carne mais barata do mercado

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgou, ontem, o Atlas da Violência – estudo anual, extremamente reputado, que atualiza os dados da barbárie no Brasil. Para além dos números brutos (62.517 homicídios em 2016), a pesquisa mostrou como o racismo se faz presente no perfil da população assassinada: a execução de pessoas negras cresceu 23%, enquanto a de brancas caiu 6,8% com relação ao ano anterior. No caso das mulheres, a situação é ainda mais grave: a taxa de homicídio de negras foi 71% superior à de mulheres de outras cores. Vale lembrar que hoje completam-se doze semanas da execução da vereadora Marielle Franco. O crime continua sem resposta.

Quer saber mais?
Leia reportagem do El País Brasil

Ou esta reportagem do Nexo

União instável

O código penal brasileiro pune, com prisão, quem for maior de idade e tiver relações sexuais com menores de 14 anos. Faz sentido, certo? Mas outra legislação – o código civil – permite o casamento de meninas de 16 anos em caso de gravidez (o artifício acaba sendo usado, pelos homens, para evitar a prisão). Um projeto de lei da deputada Laura Carneiro (DEM-RJ) pretende mudar esta realidade, proibindo o casamento de meninas, mesmo grávidas, antes dos 16 anos (atualmente, 877 mil se encontram nessa situação). Aprovado ontem no plenário da Câmara, o projeto segue para o Senado.

Quer opinar?
Vote no e-cidadania

Quer falar com a deputada?
dep.lauracarneiro@camara.leg.br

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais. Funcionou entre março e agosto de 2018. Voltará em novembro.